30.7.12

Gravação dia 5


Ao som de Jimmy Cliff. Depois do excelente disco lançado pela lenda do Reggae que contou com a produção de Tim Armstrong do Rancid,  tenho passeado pela discografia do sujeito e descoberto sons incríveis.


Ontem tive mais uma vez no estúdio para iniciar a fase final de gravação do novo disco do CARBONA correspondente aos vocais. Gravei o vocal em 5 músicas: O mundo era bem mais legal, Androides não merecem as canções, Zumbi, a Garota que cuspia gafanhotos eVocê é a minha China. Fiquei muito feliz com o resultado e fiquei com a impressão de que este foi uma das melhores execuções de vocal que consegui em discos do CARBONA até aqui. Mas prefiro aguardar até o disco sair (risos).


Sempre tive muita dificuldade para gravar vocais pelo simples fato de não saber cantar. Passados discos e anos, começo aos poucos a encontrar uma forma própria de cantar e a poder contribuir mais para o resultado final dos discos neste quesito.

Minha onda sempre foi contar estórias em melodias grudentas e bases simples, onde o vocal acabava pra mim sendo um "pequeno" grande detalhe (mais risos) . Nunca fiz disso uma bandeira. Apenas um fato. Desde o primeiro dia que entramos no estúdio para ensaiar com a banda, tudo foi muito divertido e dia após dia, após mês, após ano,  lá estava eu com Pedro e Melvin escrevendo músicas tocando, ora em frente a algumas pouquissimas pessoas, ora em frente a milhares (como nos festivais)  ou na TV ao Vivo com apresentadores falando "leva um som ai" risos. O fato é que do Apuros pra cá, venho aos poucos encontrando uma forma própria  na qual me sinto mais confortável para cantar e gravar.



Hoje, segunda-feira, acordei com garganta inflamada, ouvidos também, e com isso levaremos por volta de 7 dias para voltar ao estudio e continuar a gravação dos vocais. A gente não pára até lá, neste final de semana temos filmagem de video clipe da música "O Mundo era bem mais legal" e na sequência eu volto lá pra acabar as vozes.

Mas não há motivos pra desânimo. O processo do disco está divertidasso e vejo todos os Carbona felizes com o que vem por ai.

Estou aguardando uns videozinhos da gravação de ontem, assim que tiver os disponibilizo por aqui.

Paz e Rock!
HB

26.7.12

Paulo Rocker rocks no rock e nas artes!

Recebemos ontem uma incrível arte de Paulo Rocker dos Gramofocas. Além de ser fã da banda, nós do CARBONA, somos fãs do trabalho de ilustração que Paulo Realiza. Ao lado de Daniel Ete, dos lendários Muzarellas de Campinas, e Victor Stephan dos Estudantes do Rio temos um time de primeira de ilustradores à serviço do Rock e da arte. Confere ai!
Assim que tivermos com ela pronta, a gente dá um toque no facebook da banda.
Paz e Rock!

22.7.12

Gravação dia 4

Ao som dos Lillingtons!



Mais um dia de gravação e concluímos  todo o instrumental do disco, faltando apenas os vocais. Fomos para estúdio para colocar temas e solos em quatro músicas: A garota que cuspia gafanheotos, Androides não merecem as canções, Cemitério e Zumbi. Estas duas últimas, covers dos Rotentix e Paulo Gramofoca.

Esta é uma das minhas etapas favoritas, hora de colocar fraseados de guitarra que acredito darem a cara às músicas do CARBONA. O processo de composição, se dá ali na hora, experimentando com PLAY REC , comenta daqui e dali e a gente vai assim montando as músicas.



Estou cada vez mais satisfeito com o disco, temos temas e frases bubblegum clássicos, temos solos rock n´roll, fazendo uma movimentação na direção de um disco de três acordes, com a cara do CARBONA capaz de dar continuidade no Fujita.

Deixo aqui pra vocês estas linhas, vídeos e fotos, pra poderem dar uma curtida e uma sacada na direção que o disco está tomando!



Aqui Bjorn experimenta e grava tema de Andróides não merecem as canções! Fraseado pegajoso, chiclético, na melhor tradição Lookout recs! Amo muito tudo isso :)



Na sequência, Melvin, baixista do CARBONA compôs, executou e gravou linhas de guitarra. Aqui ele dá o toque em Cemitério. 


Por fim, Bjorn compõe solo mais frenético em "Você é a minha China", fechando assim os vídeos de hoje



Uma boa semana, paz e rock!
HB

20.7.12

Videos da gravação, Mais discos que amigos

Ao som de King Tuff ! Mais uma vez ouvindo este que entrou na minha lista de "melhroes do ano"! Hoje divulgamos no facebook/carbonaoficial mais um vídeo de ensaio. A música "O mundo era bem mais legal" foi escolhida para abrir o disco e resolvi mudar o solo tema de abertura. Neste vídeo eu e Bjorn estamos trocando uma idéia sobre isso entre uma música e outra.



Ontem estivemos nas "páginas" do Tenhomaisdiscosqueamigos, um dos Blogs de música mais legais do Brasil. Sou leitor diário e fiquei amarrã, amarradão de ver o BONA por lá! Quem quiser conferir clica ai.



Continuamos na correria para a filmagem do video clipe que acontece no primeiro final de semana de agosto. Discutindo locação, roteiro e outros detalhes. Enquanto isso, continuamos conversando com amigos ligados ao cinema e video para "agitar" mais parcerias que resultem trabalhos de vídeo.

Aguardando confirmar a gravação de amanhã, vocais e terminar solos de guitar

Fiquem em paz! Fiquem no Rock.

18.7.12

Gravação dia 3

Ao som de Dinosaur Jr!

Ontem estive com Bjorn e Pedro no "Melhor do Mundo" estúdio, para mais uma sessão de gravação de nosso novo disco. Gravar guitarras é pra mim sempre a parte mais divertida de gravar discos. Estamos na fase de gravar temas, solos e detalhes de guitarra nas músicas. Como o disco vai ser mixado nos EUA, estamos colocando algumas opções a mais do que normalmente faríamos para que no processo possa haver testes e escolhas.

De tudo que a gente faz, normalmente chegamos apenas com os temas prontos. Os solos e outros fraseados a gente faz meio que na hora, ali no play rec, trocando idéia , testando, se divertindo dando risada. Fechamos 7 das 11 músicas.

Ficaram faltando as músicas: Cemitério, Zumbi, A garota que cuspia gafanhotos ( esta última foi composta no próprio estúdio, e gravada por último) e Você é minha China.

Próxima parada por lá será no final de semana, quando gravaremos os vocais. Vamos roubar uns minutinhos pra fecahr essse trabalho e se tudo correr bem, "passar a régua" nas gravações do disco.

Segue a curtição.
Paz e Rock
HB!

16.7.12

Gravação dias 1 & 2



Ao som de Mr T Experience! Neste final de semana estivemos no "Melhor do Mundo estúdios" com o Griva para iniciar as gravações do novo disco do CARBONA. O estúdio fica na Barra da Tijuca do Rio de Janeiro, já tínhamos gravado o "Fujita" por lá e decidimos repetir a dose! Desta vez faríamos algo um pouco diferente uma vez que a mixagem e masterização será feita em outro lugar, ficando à cargo do Mass Giorgini, produtor que trabalhou com bandas como Screeching Weasel, Queers, Lillingtons, Ghoulies, Ben Weasel dentre outros, nos EUA.








Decidimos gravar ao vivo dessa vez por : 1) sempre achar que a gente soa melhor ao vivo do que nos discos 2) Por achar que é mais divertido gravar assim 3) Por achar que num determinado momento, fazer um disco de bubblegum todo recortado acaba não fazendo muito sentido.

A programação da gravação era gravar todas as músicas no sábado e no domingo colocar separado os arranjos de guitarra. Chegamos no sábado de manhã, passamos som de bateria, na sequência passamos todos os instrumentos e experimentamos a opção que acabou sendo utilizada onde todos os CARBONA tocaram na mesma sala como num ensaio com headphones que isolam o som quase que por completo, ficando bem confortável pra gravar, sem perder aquela sensação de estar tocando ao vivo mesmo. E divertido foi! É como ensaiar com um som de disco! Me diverti muito tocando principalmente as músicas "Cemitério" do Rotentix e "Zumbi" do Paulo Rocker. Duas músicas que não são nossas, de gente que a gente curte e ouvir e fazer aquela sonzera foi demais. 

  Começamos ja por volta das 15 e 30 da tarde com gravação marcada até às 19. Àquela altura a gente já sabia que não iria matar o disco , mas foi fazendo os takes na calma, tentando sempre registrar dois ou 3 takes de cada música. Neste primeiro dia fizemos: - Zumbi - Cemitério - O mundo era bem mais legal - Um - Você é minha china - Para onde vão as nuvens. No finalzinho ainda fizemos mais uns takes adicionais de Zumbi e O Mundo era bem mais legal. A primeira para dar uma aceleradinha na música e a outra em função de ser música do nosso vídeo clipe e de abrir provavelmente o disco. Começamos Antonella, mas o o horário avançado fez com que a gente optasse por gravar no dia seguinte.











 No domingo chegamos lá de novo às 11:00 hs. Tudo montado, tudo do jeito que a gente tinha deixado e tudo pareceu muito mais fácil. Fomos pegando música à música, e aproveitamos ainda pra refazer muitas músicas do dia anterior por achar que estávamos num dia melhor. E realmente estávamos. Astralzão rolando, já acostumado com esquema e assim gravamos as outras músicas: - Andróides não merecem as canções - Um passeio no barulho da cidade grande - Antonella toma pílulas - Prato preferido No final, com tudo gravado, para manter a tradição, apresentei uma música que tinha feito no sábado pela manhã e trabalhado novamente no domingo e mostrei pro pessoal.



 Nos discos anteriores a gente sempre gravou uma música aos 45 minutos do segundo tempo e dessa vez não foi diferente. Estes processos são curiosíssimos! Esta foi a música que a gente gravou mais rápido, sem erros, sem muita discussão! Ficamos bem felizes com a diversão e com a inserção de mais uma música no disco que chega reafirmando nossa retomada no Fujita. O nome da faixa é " A garota que cuspia gafanhotos". Quando ouvirem, já sabem, foi feita e gravada neste dia! Um disco de bubblegum é o que teremos mais uma vez! As músicas juntas formam a cada do que fizemos ao longo de todos esses anos.

 Nas últimas duas horinhas começamos a colocar temas e solos nas músicas e fizemos de três músicas. Próximo passo é um encontro na terça-feira à noite para concluirmos as gravações de guitarras. Temas e solos para no final de semana que vem trabalharmos nos vocais. De hoje até sexta ouvirei loucamente as demos do disco nas indas e vindas da semana para ir construindo os backings de forma natural.





 O trabalho não pára. Sigo agradecendo à todos que nos escreveram dizendo que querem ajudar a divulgar o disco e assim tem feito com divulgação de links como esse e finalmente um agradecimento a todos os zines, revistas e jornais que se interessam em divulgar o trabalho do CARBONA. Boa semana, o rock não pára! Fiquem na paz! HB

14.7.12

O Rock como ele é

Cheguei em casa de uma semana de muito trabalho. Muito trabalho e muita gratidão. To vivo, lutando e amanhã  começa a já anunciada gravação. Cheguei em casa, peguei minha guitar para trocar cordas. Tudo nos esquemas exceto por um B novo estourado. Isso me obriga a passar amanhã cedo, logo que o comércio abrir ,  na loja de instrumentos do bairro, daquelas que só vendem cordas Gianini e Curió , para comprar um jogo de cordas novas sobressalentes. Obviamente palhetas também. 15 anos, já desisti de tê-las por perto há muito tempo! Mais as compro, mas somem!

Enfileirei a noite para fechar ( ou quase isso ) todas as letras do disco. Abaixo alguns trechos. Já quero gravar as guias com mínimo possível de alterações nas letras. Tinha ficado também de mandar pro produtor que vai mixar e masterizar o disco nos Estados Unidos. O combinado aliás seria letras em português com tradução em inglês mas dado o horário avançado e a necessidade de trabalhar ainda nos mapas das músicas, ficará para alguma outra hora no final de semana.  No som aqui toca "Dry is the ocean" do Screeching Weasel, tenho uma Blue Ice em minhas mãos, e muito em breve estarei na cama!




Amanhã acordo com essa pequena missão das cordas e preciso imprimir todas as letras para levá-las ao estúdio.

Gostaria de deixar meu agradecimento para os amigos do http://www.zonapunk.com.br, http://www.rockemgeral, http://www.punknet.com.br e http://http://poppunkacademy.blogspot.com.br pelas linhas dedicadas até aqui e sempre sobre o CARBONA 


Fiquem em paz, fiquem no rock!

13.7.12

Depois de amanhã !

Algumas linhas sem imagens sobre o novo disco do CARBONA

Ao som de King Tuff. De novo. É vício! Recomendo! Cá estou há duas noites de gravar mais um disco com o CARBONA. Neste sábado a gente grava o instrumental de todas as músicas. Baixo, bateria e guitarra. Vamos gravar ao vivo. No click. Depois a gente dá aquela recheada com solos e outros detalhinhos. No próximo fim de semana vamos aos vocais. Esse é um papo que a gente vem levando a um tempo e resolveu depois de alguns discos voltar ao formato. No final das contas o que está em jogo é escrever músicas do som que a gente curte ouvir, se reunir, apertar play rec e fazer o som rodar praqueles que curtem , assim como a gente, o som dos 3 acordes.

É com muita felicidade e gratidão que recebo a oportunidade de gravar mais um disco com a banda da qual faço parte desde os meus 20 anos. A gratidão não está por trás de números, de absolutamente nada, mas sim de ter o previlégio de gostar de algo e ter uma nova chance fazê-lo. Esta condição de olhar pra banda e sentir vontade de fazer alguma coisa pelo simples fato de ter certeza de que vive-se mais aonde se é mais feliz. Ou se é mais feliz onde vive-se mais? Fazer por gostar. De verdade. Tocar por viver aquilo ali no momento . Ali, no processo. Simplesmente incrível.

Não temos gravadora. Se pudesse contar com uma? Gostaria. Mas eu gosto mais de tocar e assim a gente segue! Gastando sola de sapato. Fazendo aquilo que a gente gosta de ouvir. Na dúvida? A gente sempre escolhe seguir.

Não sei quantos shows vamos fazer, não sei se vou sair de casa pra tocar, mas sei que o processo de ensaio com Melvin , Pedro e Bjorn foi simplesmente incrível. E isso é a banda. A banda é o ensaio. A pilha. A vontade de escrever estas músicas rumo aos 40 anos de idade. Uma incrível sensação.




Ao longo destes 15 anos tivemos a alegria de trabalhar com pessoas incríveis , que nos apoiaram assim como todas aquelas que nos escreveram, foram em nossos shows, vestiram camisetas e conosco cantaram. Isso é simplesmente incrível. Vocês sempre foram incríveis.  O CARBONA nunca esteve na crista da onda nem nunca estará. Mas as ondas que surfamos sempre nos refrescaram e divertiram com o frescor da diversão.

Hoje a gente tá ali, de novo , pronto pra gravar. Voltaremos ao "melhor do mundo estúdios" onde fomos recebidos com muito carinho da última vez. No início de agosto receberemos por aqui no Rio, um amigo e companheiro de shows e roubadas de longas datas, nosso amigo Sergio Caldas de POA que vem rodar o clipe de "O mundo era bem mais legal". Em setembro, se tudo correr bem , é a vez de Bruno Baketa colaborar com vídeos. Mas não pára por ai...

Nesta semana tivemos uma grande surpresa de confirmar a colaboração de Mass Giorgini, produtor norte americano que já gravou 30% dos 3000 cds que tenho na prateleira. Esteve no estúdio com os grandes nomes da Lookout Records dos anos 90. Gravou The Queers, Groovie Ghoulies, Screeching Weasel, Ben Weasel e agora aguarda no Sonic Iguana, as fitas de gravação do CARBONA para mixar e masterizar nosso novo disco. Fruto de um contato de dez anos atrás, destes encontros que a teia da vida vai custurando até que finalmente! Rolou! 

Vamos lá tocar, curtir, divertir, fazer.

Fazer por gostar. De verdade!

Fiquem em paz, fiquem no rock.
HB!


10.7.12


Ouvindo King Tuff e pensando Oh yeah! Esta é uma das melhores bandas de rock da atualidade!

Ontem fizemos nosso último ensaio antes de começar a gravação do disco. Estou muito feliz mesmo com a idéia de mais uma vez, aos 37 anos, entrar no estúdio com os CARBONA para mais uma gravação. Além do prazer de compor, escrever letras, ensaiar, existe toda uma movimentação que traz alegria. Os ajustes, a mobilização de pessoas que estão sempre por perto numa onda de colaborações confirma o pensamento de que a gente vive mais onde é mais feliz. Ou é mais feliz onde vive mais. E fazendo este disco, do jeito que é, me faz sentir assim.


Hoje falei com Sergio Klein, que vem de POA no dia 3 de agosto para filmar um novo vídeo clipe para o CARBONA. Escolhemos ontem a música "O mundo era bem mais legal" , que muito provavelmente será a música de abertura do nosso disco. Hoje terminei os últimos ajiustes da letra e mandei para ele trabalhar roteiro, etc.  Temos 20 dias para produzir o que for necessário numa produção semi-doitourselves!

Próximos dias eu utilizarei todo e qualquer minuto que sobrar do meu dia para fazer os ajustes finais em letras e composição de backings. Como dessa vez a gente gravou uma demo com todas as músicas, fica mais fácil de andar por ai entre indas e vindas pras atividades do dia convivendo com o dia e pensando no que pode ser feito.

Vou receber um videozinho de hoje para amanhã com um teaser de 10"s da versão demo com imagens de ensaio de " O Mundo era bem mais legal" e até o final da semana eu posto por aqui. Quem tiver na pilha de dar uma sacada no que vem por aqui fique ligado! Eu aviso no facebook e twitter quando tiver por aqui.

Por hoje é só! Vamos nessa. Na paz e no rock. Por fim mas nem por isso menos importante. Um forte abraço à todos que escreveram e mandaram email dispostos a ajudar na divulgação do disco. Muito cool! Assim que sair este videozinho, este será nosso primeiro link a ser divulgado.

Buenas!

5.7.12

Carbona em estúdio gravando novo disco!


 É isso rapazeada! Foi dada a largada! Nos dias 14,15,21,22 vamos gravar um novo disco com o CARBONA. Voltaremos ao mesmo estúdio onde gravamos o DR FUJITA para gravar o nosso décimo disco, para comemorarmos nossos 15 anos de rock com novas músicas, gás novo. 

Optamos por gravar o disco com bases executadas “ao vivo”. A programação é bateria, guitarra base e baixo num dia, dubs de guitarra e outros “barulhinhos” no segundo dia e mais dois dias para vocais. A partir daí Mr Griva faz o mix e BINGO! Habemos álbum! 

      As músicas que farão parte do disco são (não necessariamente nesta ordem) :  

             O mundo era bem mais legal
       Para onde vão as nuvens?
       Andróides não merecem as canções
       Você é minha China
       Zumbi
       Cemitério
       Um ( Quem é você?)
       Prato preferido
       Antonella toma pílulas
       Um passeio no barulho da cidade

       Vale aqui o registro que dentre as músicas temos Zumbi de autoria do Paulo Gramofoca e Cemitério dos gaúchos do Rotentix. Rocks que nos acompanham nos falantes e fones pela estrada afora! Muito divertido e grande prazer de gravá-las!

      Neste sábado recebo o Bjorn para um ensaio em casa para fazer os últimos arranjos de guitarra e no domingo faremos um dos últimos, senão o último antes da gravação.

Nos embalos do novo disco, a gente recebe nos dias 3,4 e 5 de agosto nosso amigo e parceiro de longas datas Sergio Caldas que vem de Porto Alegre para filmar um videoclipe do novo disco.
Ao longo desse processo, vou escrevendo as linhas e colocando as fotos , vídeos por aqui.
Se você chegou até o blog , leu, curte nosso trabalho e quiser ajudar na divulgação do disco , terão uma meia dúzia de 10 coisas bem simples que você poderá fazer e nos ajudar a fazer este rock rolar nas redes sociais e nas vidas reais. Basta escrever para henrique@carbona.com.br  colocando no subject  “quero ajudar”. Simples assim! 

Valeu pela força! 
Paz e rock !
HB!