27.8.08

Opa! Carbona. Mauricio Pereira. Stuart

Salve Rapazeada! Postando mais uma vez no Blog. Espero dar continuidade e engrenar. Este foi o maior período em que fiquei sem postar. Quase 6 meses. Nestes 6 meses voltei algumas vezes aqui no blog. Não para escrever mas para fazer uma ou outra consulta. Hoje, por algum motivo me deu vontade de abrir e escrever de novo. O que muito me anima, por que gosto deste espaço. O rock segue rolando, os clicks sendo feitos. Tenho ouvido muito som, lido muitos livros e assistindo muitos filmes. Botafogo segue ganhando, portanto os assuntos que preencheram essas linhas continuam a todo vapor. Por algum ou outro motivo , q nem seu sei ao certo parei de escrever aqui. Hoje estou de volta. Espero amanhã também.
Começarei com um Update sobre o trabalho do CARBONA. Neste ano de 2008 começamos a tocar como um quarteto e não mais um trio. O Bjorn da banda GO , nosso amigo de longas datas, entrou na Carbona para tocar guitarra e tem sido motivo de diversão e alegria pra gente. As coisas foram acontecendo aos poucos. Os ensaios rolando, o cara pegando as músicas na calma, aumentando participação, fazendo os arranjos dele. Pra mim fazer show ficou ainda mais bacana. Bacana pra tocar, mais confortável, posso me concentrar mais em cantar e ainda de quebra ouço todos aqueles solinhos gravados no disco que não eram executados ao vivo. Isso sem dúvida é o mais legal de tudo. Neste domingo fizemos um show em Taubaté - SP. Voltar ao Vale foi revigorante. Nossos 10 anos foram feitos dentre outras coisas de intermináveis idas à Taubaté onde morava o André dono da 13 RECS que lançou 7 de nossos 8 discos, gravamos um disco em São José dos Campos e fizemos incontáveis shows no trecho. O show foi um evento bacana, num palco fixo da Prefeitura, gratuito, com muita gente por lá. Novos e velhos fãs, amigos, e a banda numa noite inspirada. Viajamos com os amigos do Madame Machado do Rio. Uma banda de SKA Core que vem agitando a cena do Rio http://www.myspace.com/madamemachado que contribuiram muito para que a viagem fosse ainda mais legal. Certamente virão outras dobradinhas dessa. Os caras fazem um som inspirados em bandas como Less Than Jake. Dançante, pesado, divertido. Fiquei muito contente com o show. Sair de casa 8 da manha, pra viajar 4 horas, tocar 40 minutos e viajar mais 4 horas torna-se cada vez mais uma atividade arriscada. O show vira o "fiel da balança". Um show ruim e todo o sentido vai por água abaixo.


Sobre o novo disco do CARBONA. Essa virou a palavra de ordem da banda agora. Estamos ensaiando já novas músicas e correndo com o processo de criação de um novo disco. Há dois meses atrás gravamos uma música inédita que não foi divulgada pois ela fará parte da trilha de um Reality Show do tipo Road Movie. Fiquei muito empolgado com o resultado. Primeira gravação que fizemos com o Bjorn que deu uma excelente contribuição em produção e arranjos de guitarra. Uma novidade do processo deste novo disco é que tenho encontrado o Melvin para fazermos sons juntos. O primeiro resultado dessa parceria já existe, está pronta e ensaiada. Chama-se "Amanhã". Outras estão à caminho. Eu tenho no meu celular e no meu pc dezenas de fragmentos, estrofes e refroes que vão aos poucos ganhando vida. E daqui pra frente as noticias sobre o novo disco serão mais constantes.


Meus últimos clicks foram desgracentos. Passei uma semana em Sampa e em meio a correria consegui a façanha de fazer um filme inteiro ( minha cam está com o counter quebrado) sem filme dentro. Isso mesmo, andei por São Paulo durante 5 dias fazendo clicks, duplas exposições, capturando e imortalizando segundos que não se materializaram risos. Bati fotos sem filme. A última coisa descente que consegui registrar foram dias de Inverno no Rio de Janeiro. Tivemos uns 15 dias no mês de julho de um verão fora de época. Neste período andei frequentando a praia mais do que costumo. Era quase medicinal. São estes clicks que divido com vocês:
Sobre os sons que tenho ouvido aqui, tem algo que segue fluindo pelas minhas caixas. http://www.myspace.com/mauriciopereira Quem aparecer por lá dá uma sacada nas faixas Trovoa e Responde Visconde. Infelizmente o mais genial dos sons do cara foi retirada do myspace. Chama-se "Ser Boi". Se alguém curtir o som, me escreve henrique@carbona.com.br que eu passo o som por e-mail. Conheci Maurício Pereira através de dica do Kaly que automaticamente se trandforma na minha nova e eterna dica. O Kaly é o cantor, compositor do Stuart. Além de ter escrito O Mundo Sem Joey, Lindos Refrões que um velho ensinou e Dançando The Doors. O Stuart acaba de lançar um disco chamado O Teatro que celebra a extinção do inverno. Pra mim uma obra-prima. As letras geniais de sempre, com melodias cada vez mais sombrias. Belas e Sombrias. quer sacar? http://www.myspace.com/stuart . Lembrando aos Srs que a melhor música (risos) é a última de todas. Aquela que acaba tendo menos views no Myspace somente pelo fato de estarem na rabeira. Trata-se da música título do disco. Vale o confere.

Fogão no G4! No melhor estilo Nick Hornby, ou no melhor estilo Povão "Fogão vai bem, a vida vai bem" risos!

Paz e Rock amigos. Sempre!