14.7.12

O Rock como ele é

Cheguei em casa de uma semana de muito trabalho. Muito trabalho e muita gratidão. To vivo, lutando e amanhã  começa a já anunciada gravação. Cheguei em casa, peguei minha guitar para trocar cordas. Tudo nos esquemas exceto por um B novo estourado. Isso me obriga a passar amanhã cedo, logo que o comércio abrir ,  na loja de instrumentos do bairro, daquelas que só vendem cordas Gianini e Curió , para comprar um jogo de cordas novas sobressalentes. Obviamente palhetas também. 15 anos, já desisti de tê-las por perto há muito tempo! Mais as compro, mas somem!

Enfileirei a noite para fechar ( ou quase isso ) todas as letras do disco. Abaixo alguns trechos. Já quero gravar as guias com mínimo possível de alterações nas letras. Tinha ficado também de mandar pro produtor que vai mixar e masterizar o disco nos Estados Unidos. O combinado aliás seria letras em português com tradução em inglês mas dado o horário avançado e a necessidade de trabalhar ainda nos mapas das músicas, ficará para alguma outra hora no final de semana.  No som aqui toca "Dry is the ocean" do Screeching Weasel, tenho uma Blue Ice em minhas mãos, e muito em breve estarei na cama!




Amanhã acordo com essa pequena missão das cordas e preciso imprimir todas as letras para levá-las ao estúdio.

Gostaria de deixar meu agradecimento para os amigos do http://www.zonapunk.com.br, http://www.rockemgeral, http://www.punknet.com.br e http://http://poppunkacademy.blogspot.com.br pelas linhas dedicadas até aqui e sempre sobre o CARBONA 


Fiquem em paz, fiquem no rock!

Nenhum comentário: