Pular para o conteúdo principal

PLAY REC entre amigos!



Rolou!  Ontem estive no “Escritório” estúdio carioca da gravadora Transfusão Noise Records para gravar quatro músicas inéditas. Fazia dois anos que eu não entrava num estúdio para gravar, desde o Panama, último disco que fizemos com o CARBONA. De lá pra cá, tivemos uma desaceleração nas atividades do CARBONA, Pedro e Bjorn foram morar fora do Brasil, e me vi um pouco distante, não da música por que são 8 horas de audição ininterrupta no trabalho como fã de música, mas como alguém que faz música. Há alguns meses atrás, encontrei o Melvin numa viagem que fiz e curiosamente acabamos jantando e vendo King Tuff, Frank Turner juntos, e conversamos um bocado sobre música. Naquela ocasião falei do quanto sentia falta de escrever, compor e gravar, mais até mesmo do que estar no palco e de como vinha alimentando uma idéia de buscar um formato mais solto, com maior compromisso com essa vontade de sentar no quarto pegar a viola e viajar até o espaço criativo onde nascem as canções do que qualquer outra coisa. Nesta busca de algo mais solto veio a idéia de compor, gravar singles, eps, me juntar com amigos, gravar parcerias, e aproveitar os dias que se apresentam generosamente dia apos dia para viver com eles a música. E neste sentido, a gravação de ontem teve um sentido muito mágico, que foi concretizar uma idéia que aparecia em várias mesas ao lado de dois grandes amigos: Melvin e Cris Cafarelli. Melvin, vocês sabem, baixistasso do CARBONA com quem toco há quase 18 anos e a Cris Cafarelli é amiga de
 looooooongas jornadas, com quem já aprontei um bocado ( a Gávea saberá dizer  ) e com quem muito me orgulho de gravar junto por ser , além de uma musicista de mão cheia talentosíssima, um exemplo de persistência! A Cris faz parte daqueles loucos que falaram quero viver de música, ser musicista, fez facul de música, ralou anos e agora está ai num palco perto de vocês ao lado de uma pá de gente bacana. Bacaníssima eu diria. Assim como o Melvin, a Cris também me pilhou muito em conversas dominicais lá em casa onde ela disse “cara, trago meu ipad, a gente vai fazendo um som e eu te ajudo”. E assim fomos nos encontrando e trabalhando nas músicas. 
 Sem Cris e Melvin estas músicas não teriam 1) a metadade da graça 2) a metade dos instrumentos J Melvin gravou baixo ali na hora, trocando idéia, conhecendo “por música” meu esquema de composição e Cris tocou de tudo um pouco teclado, guitarra onde devia e não devia ( quando comecei a errar o mais simples solo de 5 notas J ), escaleta, glockenspiel e por ai vai. E para completar vem o estúdio. Fiquei muito feliz de gravar com o Lê Almeida. Primeiro por que sou fã do trabalho dele. Se vocês não conhecem, fica aqui o convite para conhecer. https://lealmeida.bandcamp.com/ Neste link você consegue ouvir todos os discos dele. Segundo por que cheguei neste estúdio como uma resposta natural ao que estava buscando.
 
  Quando decidi gravar as músicas no formato violão e voz pensei: quero fazer um a gravação que retratre as músicas como elas nascem, como uma música de quarto mesmo.


Assim foram gravadas "Fotomontagem", ""Bom dia", "O Monstro que você criou" e "Um bom motivo para me orgulhar". Não queria dessa vez entrar num estúdio, pegar microfones multi hiper ultras, afinar vozes, e dar aquele brilho todo. Talvez tenha sido uma vontade de fazer algo diferente, talvez seja mesmo a vontade de fazer a coisa mais crua, talvez tenha sido a audição obsessiva de Guided by Voices, mas o fato é que assim foi e fiquei feliz de ter experimentado a gravação de ontem. Sem clicks, sem afinações de vozes, sem muito brilho, apenas as músicas, ali do jeito que vem, do jeito que gosto, do jeito que estranhamento gosto por que gravar ontem foi como se tivesse fazendo minha primeira demo. E o que eu mais queria eu consegui: sair de la com a certeza de gravarei outras mais. Muitas mais. Amanhã, passo no estúdio na hora do almoço apenas para ouvir a mixagem que será feita hoje e com mais alguns dias eu estuo pronto para lançar. A princípio sem formato físico mais espalhado em toda e qualquer plataforma de música digital. Deixo aqui algumas fotos de ontem! Paz!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PLAY REC, lay-outs de camisa, Guramas & Camila

Amanhã é dia de gravar! Está confirmada a gravação no estúdio BPM. Estarei gravando as guitarras e Dr. B gravando baixo nas 4 músicas do EP. Mais uma vez são elas: "Maria Sharapova", "A Melhor cerveja da Austrália", " Jogue os dados outra vez" e "Minhas canções". Estarei fazendo umas filmagens amanhã da gravação que serão disponibilizadas em MPGs no próprio cd que estará àvenda na TOUR e pelo correio também. Hoje foi dia de trrabalhar na arte de camisetas. É essencial para o sucesso de uma tour ( entende-se sucesso como sair de casa, tocar um mês e não ter q pagar o ônibus pra chegar em casa), ter um material de merchandising bacana+ discos para divulgar o trabalho e fazer um troco. Hoje trabalhei rapidamente em 2 lay-outs de camisa e gostaria de ouvir, na opinião de vocês qual o modelo mais legal. Um eu chamo de modelo "capa" pois é feito com elementos da capa do EP e outro é o modelo "mosrite". Se vcs puderem deixar um post

Show Acústico no Teto Solar!

Opa! No dia 29 de junho farei show no Teto Solar em Botafogo junto com exposição do Victor Stephan. Victao e ilustrador mestre ,autor da capa do Ciferal e amigo de longas datas e estamos promovendo este encontro para mostrar seus trabalhos e algumas musicas do Ciferal + hits carbonicos e musicas que eu gosto de bandas e artistas do rock gaúcho. Tudo isso num formato "polk" (punk+folk) turbinado pela participação da Cris Cafarelli que gravou o EP comigo. Fica aqui o convite para chegar la, dar uma sacada, uma ouvida e por que nao comer um dos melhores hamburguers do rio e beber uma cerveja?  Estive no Hanoi fazendo primeiro ensaio com a Cris neste final de semana e hoje a gente se encontra de novo , desta vez num esquema caseiro para passar / construir o set list do show.    Fiquem ligados! Paz!

Novo disco do CARBONA! Pré-lançamento digital dia 7 de setembro!

No dia 7 de setembro o novo disco do CARBONA “Dr Fujita Contra a Abominável Mulher-Tornado” será lançado. O que isso significa? Significa que todo mundo que visitar o site http://www.carbona.com.br/ do dia 7 de setembro à 7 de outubro poderá fazer download gratuito de todas as músicas do disco. Simples assim. Basta acessar o site, digitar CARBONA em um campo, realizar um pequeno cadastro e PUF! Poderá fazer download de todas as faixas do disco. Por que estamos fazendo isso? Porque queremos fazer nosso novo disco chegar a todos os fãs espalhados pelo Brasil e queremos conhecer aqueles que fizeram download do disco. A estes, que baixaram, serão oferecidas alternativas para nos remunerar caso queiram, através do oferecimento do CD físico, camisetas e outras coisas da banda. Nossa primeira gravação foi uma demo k7. De lá pra cá gravamos 8 cds, o último lançado há 3 anos atrás. Neste período muita coisa aconteceu na música. Múita coisa boa. Muita coisa ruim. Uma delas foi o enfraquecime