Pular para o conteúdo principal

Carbona na estrada - diário!


Estive de volta à estrada com o CARBONA neste final de semana. Fizemos três shows em 2 dias, tocamos no Asteroid Bar em Sorocaba na sexta, em Santos à noite no sábado e em São Paulo de madrugada. Um fim de semana intenso, de muita alegria e de algumas respostas e aprendizado.
Fiquei muito feliz com a oportunidade de fazer estes shows. Fazia um tempo que não saía pra girar com a banda neste formato de shows sequenciais que durante mais de 10 anos ocuparam meus dias totalizando mais de 550 apresentações, e não sabia ao certo o que esperar. Colecionar horas dentro de uma van , parece ser algo desejável, divertido, e ainda parece fazer muito sentido. Esta sempre foi uma parte muito divertida da estória toda. Ver a noite cair, ouvir som, relaxar no ar condicionado, ver carros passando, placas de estrada, luzes de hotel. Isso tudo, quando te leva a lugares com condições bacanas de fazer o som e com pessoal pra fazer a festa, fica ainda mais legal.

Saimos do Rio numa sexta-feira às 15 horas da tarde e chegamos em Sorocaba nossa primeira parada às 23: o Asteroid Bar. Ficamos muito felizes com o show. Sai de lá com a sensação de que a noite entrou pra lista de shows "mais legais" da banda e ter isso associado a realidade presente é muito motivante. Descobri neste show que estar na estrada com o CARBONA pode ser muito divertido, que tem muita gente a fim de divertir com a banda e o mais importante, que tem gente trabalhando MUITO BEM por aí, disposta a criar condições de fazer o rock rollar. O Asteroid é desses lugares que se fossem reproduzidos em cada cidade, a música estradeira independente estaria num estágio bem melhor. Produção impecável. Nos enviaram uma lista de equipamentos um mês antes perguntando se precisávamos de algo diferente, acertaram valor de Cachê, pago conforme combinado, no camarim o responsável pelo palco e som se apresenta, conversa, pergunta como vamos fazer para minimizar o impacto de não passar som, amplificadores e equipamento funcionando, som bacana para o público, uma sensação de que a coisa fica boa pra todo mundo: o bar cheio vende bebidas, paga as bandas, que leva gente, que ouve bom som, que se diverte e assim a roda gira! E curioso que lendo o texto, fica a sensação de que não estamos falando de nada do outro mundo, e sim apenas o básico bem feito. Mas o fato é que ficou a sensação de que o Asteroid trabalha no algo mais. Estes são os shows que devemos e queremos fazer, por que possibilita a banda mostrar seu trabalho e possibilita ao público, que paga, ver um bom show. Mas não só de produção foi feito o show. Foi tudo muito divertido, o dono do lugar me disse que nos chamou por que numa espécie de votação no site, o Carbona tinha sido escolhido. E lá pude conhecer essas pessoas que escreveram e lá foram pra curtir o show. Fizemos um set beeeeeeeem extenso, fomos adicionando músicas, chamamos pessoas da platéia pra tocar e o resultado foi um show muito divertido, gratificante. Agradeço mais uma vez à todos que apareceram e participaram da grande festa!

No dia seguinte, acordei e fui dar a tradicional saída pelas quadras do hotel para sentir um pouco a cidade, caçar algumas fotos . Ultimamente tenho aproveitado as viagens do CARBONA para fazer fotos e colocar em prática algo que me traz muita satisfação.

À tarde fomos pra Santos onde fizemos show junto com os amigos do Bombers num novo local chamado Base. Local bem legal, com 2 bares, fliperama, área de show ampla , Heineken geladíssima mas enfrentamos problemas com equipamento no palco, tivemos que tocar com apenas uma guitarra, acabei apenas cantando e isso fez o show do CARBONA aquém do que eu gostaria que as pessoas tivessem visto. Mas, rock que segue. Acho que acabei me divertindo mais vendo os shows do Bombers e do Slot , bandas que eu curto e que não tenho a chance de ver sempre. Valeu a força de quem por lá apareceu"
Saímos de Santos, subimos a serra para tocar na Outs em São Paulo. Sempre bom voltar à cidade que nos acolheu pelo menos uma vez por ano nos últimos 15 anos. A Outs é uma espaço de show incrível, equipo de primeira, tamanho bacana e ficamos bem felizes com o show que fizemos por lá. Sonzera com muita pressão, som confortável para tocar, e os bons e velhos amigos que comparecem nos shows em Sampa para fazer a festa. A gente se divertiu muito tocando, e ficou animadasso mais uma vez com o setlist incluindo as músicas do Fujita.




Próximos passos agora é avançar e concluir a composição do novo disco para logo em seguida gravarmos novo disco. Já temos 8 de 12 músicas, o Bjorn vai se ausentar por 20 dias e espero recepcioná-lo com as novas músicas prontas. A partir dai é cair no estúdio gravar nosso décimo disco e celebrar no segundo semestre o nosso aniversário de 15 anos.

A gente segue na paz, segue no rock, as novas a gente conta por aqui
Obrigado mais uma vez e fiquem ligados.

B!



Comentários

Isabel Oliveira disse…
Depois de tanto tempo esperando... O show em Sorocaba foi fantástico!
O Asteroid realmente é um bar simples, mas com uma estrutura e pessoal de primeira e o mais legal de tudo é que a galera que trabalha lá também deve ter curtido muito o show, pois eles realmente gostam do rock!
Henrique disse…
Ola Isabel tudo na paz? Obrigado pela presença e pelas linhas de incentivo. Até a proxima! Bj

Postagens mais visitadas deste blog

PLAY REC, lay-outs de camisa, Guramas & Camila

Amanhã é dia de gravar! Está confirmada a gravação no estúdio BPM. Estarei gravando as guitarras e Dr. B gravando baixo nas 4 músicas do EP. Mais uma vez são elas: "Maria Sharapova", "A Melhor cerveja da Austrália", " Jogue os dados outra vez" e "Minhas canções". Estarei fazendo umas filmagens amanhã da gravação que serão disponibilizadas em MPGs no próprio cd que estará àvenda na TOUR e pelo correio também. Hoje foi dia de trrabalhar na arte de camisetas. É essencial para o sucesso de uma tour ( entende-se sucesso como sair de casa, tocar um mês e não ter q pagar o ônibus pra chegar em casa), ter um material de merchandising bacana+ discos para divulgar o trabalho e fazer um troco. Hoje trabalhei rapidamente em 2 lay-outs de camisa e gostaria de ouvir, na opinião de vocês qual o modelo mais legal. Um eu chamo de modelo "capa" pois é feito com elementos da capa do EP e outro é o modelo "mosrite". Se vcs puderem deixar um post

Show Acústico no Teto Solar!

Opa! No dia 29 de junho farei show no Teto Solar em Botafogo junto com exposição do Victor Stephan. Victao e ilustrador mestre ,autor da capa do Ciferal e amigo de longas datas e estamos promovendo este encontro para mostrar seus trabalhos e algumas musicas do Ciferal + hits carbonicos e musicas que eu gosto de bandas e artistas do rock gaúcho. Tudo isso num formato "polk" (punk+folk) turbinado pela participação da Cris Cafarelli que gravou o EP comigo. Fica aqui o convite para chegar la, dar uma sacada, uma ouvida e por que nao comer um dos melhores hamburguers do rio e beber uma cerveja?  Estive no Hanoi fazendo primeiro ensaio com a Cris neste final de semana e hoje a gente se encontra de novo , desta vez num esquema caseiro para passar / construir o set list do show.    Fiquem ligados! Paz!

Novo disco do CARBONA! Pré-lançamento digital dia 7 de setembro!

No dia 7 de setembro o novo disco do CARBONA “Dr Fujita Contra a Abominável Mulher-Tornado” será lançado. O que isso significa? Significa que todo mundo que visitar o site http://www.carbona.com.br/ do dia 7 de setembro à 7 de outubro poderá fazer download gratuito de todas as músicas do disco. Simples assim. Basta acessar o site, digitar CARBONA em um campo, realizar um pequeno cadastro e PUF! Poderá fazer download de todas as faixas do disco. Por que estamos fazendo isso? Porque queremos fazer nosso novo disco chegar a todos os fãs espalhados pelo Brasil e queremos conhecer aqueles que fizeram download do disco. A estes, que baixaram, serão oferecidas alternativas para nos remunerar caso queiram, através do oferecimento do CD físico, camisetas e outras coisas da banda. Nossa primeira gravação foi uma demo k7. De lá pra cá gravamos 8 cds, o último lançado há 3 anos atrás. Neste período muita coisa aconteceu na música. Múita coisa boa. Muita coisa ruim. Uma delas foi o enfraquecime