12.4.11

Trama Virtual Estendido!


Hoje foi ao ar minha participação no impressão digital no Trama Virtual Quem quiser dar uma sacada click no link abaixo e aqui no Blog resolvi dar uma estendida na brincadeira.

http://tramavirtual.uol.com.br/noticia/2011/04/impressao-digital-henrique-badke

Um rápido bate papo falando sobre “as boas do momento”. Músicas, vídeos, bandas e até mulher pelada (risos). Quem tem acompanhado blog e twitter já anda sabendo que estou ligado na dica do meu amigo Melvin que me apresentou Frank Turner. Cancioneiro oriundo do circuito punk rock que faz músicas “pra cima” com melodias incríveis!

Outra banda também que já havia postado aqui no site algumas vezes é o Gaslight Anthem Esta é uma banda que descobri em pesquisas no trabalho que me levou até a revista Spin, fui dar um confere no som dos caras e Bingo! Virou daqueles discos que te acompanha por semanas a fio. O nome do disco dos caras que me pegou foi american Slang. Uma mistura de rock à la Bruce Springsteen com punk rock. Mais ou menos isso.

Sobre capas, duas me chamaram atenção recentemente. A do Devo que me lembrou muito o Taito Não Engole Fichas ( consequentemente dias muito divertidos) e a capa e todo o projeto gráfico pelo Victor Stephan para os Pedrero. Um trabalho incrível, dedicado, que mostra que a música “com capa”, com conceito é ainda mais divertida. É mais completa. Tive a felicidade de ter uma ilustração de Victor Stephan para o EP que estou trabalhando agora e que lançarei dentro de 60 dias! Quem quiser conhecer a arte de Victor Stephan pode visitar seu site http://www.victorstephan.com . Muito em breve divulgarei aqui capa e nome do meu EP.

Sobre o livro “Quem me mostrou o caminho – um cachorro” é um livro que fala sobre a beleza do simples, o complexo por trás do comum, trocando em miúdos fala sobre a forma e o olhar viciado que encaramos a vida, virando vítimas da rotina e de uma postura de rotina, quase desinteressada pelas coisas e pessoas ao redor. Aos poucos, exercitando você começa a ver conteúdo em todos os cantos. Em tudo que você faz. Até que a vida começa a se mostrar muito, mas muito mais interessante. Algo com ver beleza na música dos Ramones!

Sobre o melhor show, trata-se de uma apresentação que o Wander Wildner fez recentemente aqui no Rio. Melvin no baixo, que toca comigo no Carbona e que vem se mostrando um baixista diferenciado e de dedicação louvável ao rock. Barba Hermanos na batera e na guitarra “jimi Joe”, uma personalidade do rock gaúcho. Acho seu disco incrível eo show reuniu o melhor de Wander Wildner, algumas de Jimi joe transformando uma segunda feira de ventania numa gfrande noite. Sair na segunda é pura poesia. Princiapalmente , quando se tem que acordar cedo na manha seguinte pra trabalhar J

Último cd e download ficou por conta do novo do DEVO , banda “Mucho loka”, bem afrente de seu tempo, que apareceu na minha vida junto com os Ramones há décadas atrás e do novo do REM que talvez ainda não tenho conseguido entender a “onda” do disco. Foi sucesso de fãs e crítica. Portanto talvez seja uma questão de ouvir mais.

Sobre a celebridade nua, bem a Sandy anda dizendo por ai que tem lado Devassa, então achei que seria justo ela mostrar pra ela.

Lastm but not least, ou finalmente mas não menos importante. Johhny ou Bem Weasel?

Joey Ramone!

Paz e Rock!

Nenhum comentário: