1.4.10

Promessa de vídeo é dívida! Fabrício Rivets!

Correria, Correria!

Há dois dias atrás estive no estúdio gravando guitarras e desde então não consegui tempo pra contar pra vocês como as coisas andaram! Fazia tempo que não me divertia tanto dentro de um estúdio ou em qualquer coisa relacionada ao CARBONA. Na verdade há três anos não entrava em um estúdio. E isso por si só já diz muito sobre esta relação de música e prazer. Fico feliz. Muito feliz de ter uma nova oportunidade de escrever música e gravar.








Cheguei no estúdio para gravar frases melódicas em 5 músicas. Mais precisamente os solos de introdução e saídas de música e frases de suporte em algumas estrofes e etc. O resto das guitarras solos e bases estão mais nas mãos do Bjorn. Estas frases que gravei é um dos maiores pontos de conexão com o que faço musicalmente. Fala muito sobre o trabalho do CARBONA. Poucas notas. Poucas notas dando brilho a algo simples. É essa a proposta. É isso que gosto e de fato, é o que sei fazer. Antes de sai de casa pensei “a programação” é gravar 5 músicas. Não tenho uma frase sequer. Lembrei a mim mesmo “isso não é pouco caso”. Vai lá, curte as músicas, deixa fluir, cria na sua “onda” e o que sair ali , com a ajuda do PLAY REC existirá!








Cheguei lá e comecei por Semi-Vivo. Uma música urgente, de menos de 1 minuto e meio. Frase na introdução, suporte na estrofe e pra finalizar um brilho extra na saída. Esta música virou meu combustível pro disco novo. É o rock que eu curto e acredito. Fiquei muito feliz gravando isso.
Depois encarei Tornado. Pensei “Porra” essa música abre o disco. Esta frase vai ser os primeiros segundos da nossa nova empreitada. Tenho um vídeo de 11 minutos desde a melodia cantarolada na base, a tosca busca das notas certas e por fim a frase “viva” . Dividirei um pouco disso por aqui. Depois ainda fiz solo de introdução em máquina do Tempo que combina Guitarra e teclado do Melvin, saída de “Este Diabo deste traste de amor”.

Ontem o Bjorn esteve por lá, me mandou mensagem na madruga dizendo que avançou ainda mais. Isso significa que na semana que vem eu começo a gravar vocais. A programação é duas sessões de voz principal, uma de backings e o resto é mixagem com Sr Bjorn mais uma vez “no comando”.

Falando sobre vocal, ontem depois de alguns dias conseguir falar com Sr Fabrício , ex-vocalista do Rivets, e fiz um convite (aceito!) para produzir e participar da gravação dos vocais. Isso significa: 1) me ajudar a acertar as dobras de backings 2) executar alguns backings e por último, mas nem por isso MENOS importante, gravar como participação especial na música “ A Alegria está de volta”.

Este fim de semana minha viagem foi infelizmente cancelada e aproveitarei para dedicar mais tempo às gravações e ensaios. Vamos provavelmente ensaiar com Lerik , que substituirá Melvin no show do Circo” e dedicar mais algum tempo à gravação. O que rolar, eu conto por aqui. Fiquem em Paz, Fiquem no Rock!

HB!