Pular para o conteúdo principal

Uma grande celebração!

Ao som do Social Distortion! Fizemos nosso primeiro show de 2007 ontem no Hangar 110! Inacreditável! Emocionante! Revitalizante! 10 anos de banda, 10 anos de Hangar, 10 anos de recompensa. O ano de 2007 começou com o pé-direito. Este foi nosso segundo show da Cingapura Tour na cidade e o que fica é uma gostosa sensação de "prazer ao olhar pra frente", de pensar estamos vivos, os anos virão e podemos seguir no rock de forma positiva. Fizemos um set totalmente novo, colocando músicas que não tocávamos há muito tempo: No Words, Ela não quis ir comigo pro Cinema e novíssimas do "Apuros" que já começam a aparecer com força no set e fazem com que a roda do CARBONA gire. Gire nos empurrando pra frente, fazendo nossa história ao longo dos anos que estão por vir. O show começou com o bloco Vide Bula - No Words - Nathalia. Vide Bula abriu dançante, empolgando, uma legítima música Carbônica com solo r n´roll mostrando que o Apuros é combustível do nosso rock. Em seguida pude sentir a alegria de todo mundo ouvir de surpresa NO WORDS , do Taito, música que mesmo na época foi muito pouco executada ao vivo epra fechar "O Mundo Nathalia e a Lasanha", do Cosmicomica, causando igual alegria. Estas duas ultimas músicas foram pouco executadas ao vivo na época em que os discos foram lançados mas eram muito pedidas pela galera. Dai pra frente o que se viu foi uma grande celebração! Essa palavras "o show foi uma grande celebração" não são minhas. Foi isso que o Rogério do Hill Valleys falou assim que eu sai do palco. Fiquei fascinado com o fato de ver muitas caras novas por lá, isso pra quem está há dez anos na estrada significa muito, significa a possibilidade de continuar rollando o rock! Ontem no show teve ainda um outro momento mágico: ao chegar no Hangar um cara chegou pra mim e falou "oi eu sou o guitarrista e vocalista dos Conchas" . Eu ganhei o cd deles no ultimo show do Outs e tinha falado aqui no Blog que tinha gostado pra caramba do som.. Ele virou e falou "posso levar um som com vocês no palco?" Eu perguntei a ele : "Que musica vc toca?". Ele respondeu: TODAS! Eu toco qualquer uma com vocês! Chamei ele no palco e falei vamos tocar R N´Roll Colegial . Ele disse OK. Lá estávamos nós tocando a música, eu só com o microfone, ele tocando minha flying v e eu amarradão , me divertindo de front man (risos). Quando acabou a música eu nem olhei pra ele (risos) só mandei o nome dessa é 1001 Doses e Bum! Entrou na pressão com o cara tocando acorde por acorde. MUITO DIVERTIDO! O show foi muito divertido também pela reunião de bandas. 3 delas do rio , o Hill Valleys da qual o Melvin faz parte, os Cooper Cobras banda de velhos amigos e sensação do rock carioca e os amigos do 7 Elevens de sampa. Tudo muito divertido, na van, entre os shows, enfim, um dia de felicidade. Por último, mas não por isso menos importante, o carinho dos fãs e a possibilidade de retribuí-los da mesma forma. O "bate papo" , o " oi eu sou fulana, sou eu que te escrevo direto" e conseguir lembrá-la pelo nome, tirar fotos, assinar discos, poder agradecer toda essa gente que faz o show junto com o CARBONA! Obrigado amigos! Obrigado mais uma vez! Paz e Rock! Vamos as fotos:

ESSAS FOTOS FORAM GENTILMENTE SURRUPIADAS DO CARBONA MEDIA, UM NOVO ESPAÇO WEB CHEIO DE CONTEUDO, RARIDADES E NOVIDADES, CRIADO PELO FELIPE SPINA E PELO DOUGLAS. AMANHÃ FAREI UM POST ESPECIAL SOBRE ESTE NOVO ESPAÇO, MAS QUEM QUISER JÁ DÁ UM PULO LÁ! http://carbonamedia.fspina.com.br/ UMA INICIATIVA MUITO FODA!

Postagens mais visitadas deste blog

PLAY REC, lay-outs de camisa, Guramas & Camila

Amanhã é dia de gravar! Está confirmada a gravação no estúdio BPM. Estarei gravando as guitarras e Dr. B gravando baixo nas 4 músicas do EP. Mais uma vez são elas: "Maria Sharapova", "A Melhor cerveja da Austrália", " Jogue os dados outra vez" e "Minhas canções". Estarei fazendo umas filmagens amanhã da gravação que serão disponibilizadas em MPGs no próprio cd que estará àvenda na TOUR e pelo correio também. Hoje foi dia de trrabalhar na arte de camisetas. É essencial para o sucesso de uma tour ( entende-se sucesso como sair de casa, tocar um mês e não ter q pagar o ônibus pra chegar em casa), ter um material de merchandising bacana+ discos para divulgar o trabalho e fazer um troco. Hoje trabalhei rapidamente em 2 lay-outs de camisa e gostaria de ouvir, na opinião de vocês qual o modelo mais legal. Um eu chamo de modelo "capa" pois é feito com elementos da capa do EP e outro é o modelo "mosrite". Se vcs puderem deixar um post

Show Acústico no Teto Solar!

Opa! No dia 29 de junho farei show no Teto Solar em Botafogo junto com exposição do Victor Stephan. Victao e ilustrador mestre ,autor da capa do Ciferal e amigo de longas datas e estamos promovendo este encontro para mostrar seus trabalhos e algumas musicas do Ciferal + hits carbonicos e musicas que eu gosto de bandas e artistas do rock gaúcho. Tudo isso num formato "polk" (punk+folk) turbinado pela participação da Cris Cafarelli que gravou o EP comigo. Fica aqui o convite para chegar la, dar uma sacada, uma ouvida e por que nao comer um dos melhores hamburguers do rio e beber uma cerveja?  Estive no Hanoi fazendo primeiro ensaio com a Cris neste final de semana e hoje a gente se encontra de novo , desta vez num esquema caseiro para passar / construir o set list do show.    Fiquem ligados! Paz!

Novo disco do CARBONA! Pré-lançamento digital dia 7 de setembro!

No dia 7 de setembro o novo disco do CARBONA “Dr Fujita Contra a Abominável Mulher-Tornado” será lançado. O que isso significa? Significa que todo mundo que visitar o site http://www.carbona.com.br/ do dia 7 de setembro à 7 de outubro poderá fazer download gratuito de todas as músicas do disco. Simples assim. Basta acessar o site, digitar CARBONA em um campo, realizar um pequeno cadastro e PUF! Poderá fazer download de todas as faixas do disco. Por que estamos fazendo isso? Porque queremos fazer nosso novo disco chegar a todos os fãs espalhados pelo Brasil e queremos conhecer aqueles que fizeram download do disco. A estes, que baixaram, serão oferecidas alternativas para nos remunerar caso queiram, através do oferecimento do CD físico, camisetas e outras coisas da banda. Nossa primeira gravação foi uma demo k7. De lá pra cá gravamos 8 cds, o último lançado há 3 anos atrás. Neste período muita coisa aconteceu na música. Múita coisa boa. Muita coisa ruim. Uma delas foi o enfraquecime