Pular para o conteúdo principal

"Não Mais Letícia"

Ao som dos Strokes. Mais um dia que chego do trabalho largo tudo e pego a viola. Incrível como os dias podem passar tão iguais. Trabalho, trabalho, trabalho, casa e viola. Bendita seja a viola. Uma vez com ela na mão, consigo quebrar a rotina. Creio que daí venha meu crescente interesse e envolvimento com composições. Ontem fui dormir com mais uma música nova no meu desktop. Acordei, tomei banho e antes de sair me dei o trabalho de ligar o computador pra ouví-la. Melhor dos momentos. Dia seguinte, hora da verdade. É um dos poucos momentos em que gosto de me ouvir. Muita gente fala "você é louco, acabaram de lançar um disco e já está escrevendo de novo". Acho que são os caminhos que o ato de compor me abre. Ontem escrevi "Não mais Letícia". Uma verdadeira viagem, que me levou para lugares longe daqui. Como sempre estórias. Estórias que eu ouço, que eu vivo, que eu vou atrás e que eu experimento deitado no colchão jogado no meu quarto. Hoje, toquei algumas horas e não consegui avançar muito em novas canções. Acabei ficando meio envolvindo com o som de ontem , revisitando na mente as imagens que vieram. Entrei na web e comecei a procurar fotos que chegassem perto dos lugares que visitei ontem enquanto escrevia "Não Mais Letícia". Doido. Por que embora não seja fiel, consegue chegar bem próximo do que vi. Isso é algo que venho pensando em explorar no futuro. Abrir novas possibilidades para as narrativas das músicas seja com quadrinhos, seja com fotos ou com vídeo. Acho que isso faz parte do universo das músicas e do CARBONA . Principalmente quadrinhos. Sei que por um lado isso pode entregar de "bandeja", mas por outro pode ser extremamente divertido. Alguem se habilita a ilustrar?
* fotos "emprestadas" aleatoriamente da web! Paz e Rock!

Postagens mais visitadas deste blog

PLAY REC, lay-outs de camisa, Guramas & Camila

Amanhã é dia de gravar! Está confirmada a gravação no estúdio BPM. Estarei gravando as guitarras e Dr. B gravando baixo nas 4 músicas do EP. Mais uma vez são elas: "Maria Sharapova", "A Melhor cerveja da Austrália", " Jogue os dados outra vez" e "Minhas canções". Estarei fazendo umas filmagens amanhã da gravação que serão disponibilizadas em MPGs no próprio cd que estará àvenda na TOUR e pelo correio também. Hoje foi dia de trrabalhar na arte de camisetas. É essencial para o sucesso de uma tour ( entende-se sucesso como sair de casa, tocar um mês e não ter q pagar o ônibus pra chegar em casa), ter um material de merchandising bacana+ discos para divulgar o trabalho e fazer um troco. Hoje trabalhei rapidamente em 2 lay-outs de camisa e gostaria de ouvir, na opinião de vocês qual o modelo mais legal. Um eu chamo de modelo "capa" pois é feito com elementos da capa do EP e outro é o modelo "mosrite". Se vcs puderem deixar um post

Show Acústico no Teto Solar!

Opa! No dia 29 de junho farei show no Teto Solar em Botafogo junto com exposição do Victor Stephan. Victao e ilustrador mestre ,autor da capa do Ciferal e amigo de longas datas e estamos promovendo este encontro para mostrar seus trabalhos e algumas musicas do Ciferal + hits carbonicos e musicas que eu gosto de bandas e artistas do rock gaúcho. Tudo isso num formato "polk" (punk+folk) turbinado pela participação da Cris Cafarelli que gravou o EP comigo. Fica aqui o convite para chegar la, dar uma sacada, uma ouvida e por que nao comer um dos melhores hamburguers do rio e beber uma cerveja?  Estive no Hanoi fazendo primeiro ensaio com a Cris neste final de semana e hoje a gente se encontra de novo , desta vez num esquema caseiro para passar / construir o set list do show.    Fiquem ligados! Paz!

Novo disco do CARBONA! Pré-lançamento digital dia 7 de setembro!

No dia 7 de setembro o novo disco do CARBONA “Dr Fujita Contra a Abominável Mulher-Tornado” será lançado. O que isso significa? Significa que todo mundo que visitar o site http://www.carbona.com.br/ do dia 7 de setembro à 7 de outubro poderá fazer download gratuito de todas as músicas do disco. Simples assim. Basta acessar o site, digitar CARBONA em um campo, realizar um pequeno cadastro e PUF! Poderá fazer download de todas as faixas do disco. Por que estamos fazendo isso? Porque queremos fazer nosso novo disco chegar a todos os fãs espalhados pelo Brasil e queremos conhecer aqueles que fizeram download do disco. A estes, que baixaram, serão oferecidas alternativas para nos remunerar caso queiram, através do oferecimento do CD físico, camisetas e outras coisas da banda. Nossa primeira gravação foi uma demo k7. De lá pra cá gravamos 8 cds, o último lançado há 3 anos atrás. Neste período muita coisa aconteceu na música. Múita coisa boa. Muita coisa ruim. Uma delas foi o enfraquecime