21.12.06

"Não Mais Letícia"

Ao som dos Strokes. Mais um dia que chego do trabalho largo tudo e pego a viola. Incrível como os dias podem passar tão iguais. Trabalho, trabalho, trabalho, casa e viola. Bendita seja a viola. Uma vez com ela na mão, consigo quebrar a rotina. Creio que daí venha meu crescente interesse e envolvimento com composições. Ontem fui dormir com mais uma música nova no meu desktop. Acordei, tomei banho e antes de sair me dei o trabalho de ligar o computador pra ouví-la. Melhor dos momentos. Dia seguinte, hora da verdade. É um dos poucos momentos em que gosto de me ouvir. Muita gente fala "você é louco, acabaram de lançar um disco e já está escrevendo de novo". Acho que são os caminhos que o ato de compor me abre. Ontem escrevi "Não mais Letícia". Uma verdadeira viagem, que me levou para lugares longe daqui. Como sempre estórias. Estórias que eu ouço, que eu vivo, que eu vou atrás e que eu experimento deitado no colchão jogado no meu quarto. Hoje, toquei algumas horas e não consegui avançar muito em novas canções. Acabei ficando meio envolvindo com o som de ontem , revisitando na mente as imagens que vieram. Entrei na web e comecei a procurar fotos que chegassem perto dos lugares que visitei ontem enquanto escrevia "Não Mais Letícia". Doido. Por que embora não seja fiel, consegue chegar bem próximo do que vi. Isso é algo que venho pensando em explorar no futuro. Abrir novas possibilidades para as narrativas das músicas seja com quadrinhos, seja com fotos ou com vídeo. Acho que isso faz parte do universo das músicas e do CARBONA . Principalmente quadrinhos. Sei que por um lado isso pode entregar de "bandeja", mas por outro pode ser extremamente divertido. Alguem se habilita a ilustrar?
* fotos "emprestadas" aleatoriamente da web! Paz e Rock!