10.12.06

HABEAS CORPUS!

Sábado à noite, cheguei em casa quebrado de BH. Acordei 22:30 com aquele jeitão de "não vou sair PORRRRRA nenhuma", mas resolvi levantar pra ir até o Circo Voador ver o show de lançamento do novo disco "HABEAS CORPUS" de Maurício BAIA. Cheguei no Circo Voador por volta de meia noite e meia, o show de abertura estava acabando, aproveitei pra ir até a banquinha e dar uma sacada no novo disco. Preço: R$25,00. Engraçado esta situação. Minha primeira reação foi "porra ta caro esse cd". Dai rapidamente pensei "puts, odeio quando reclamam do preço do cd do CARBONA, dizendo que tá caro". Ok. Nossos cds em shows vendemos à R$15. E R$ 25,00 me pareceu um pouco acima do "mercado". Mas fã que sou, abri a carteira , tirei R$25,00, acabei com a possibilidade de tomar chopps e resolvi trazer pra casa, mais um disco do cara, original e agora aqui ouvindo agradeço a mim mesmo pela decisão. Numa hora dessas meus R$25,00 já estariam no vaso sanitário. R$ 25,00 reais mijados em Chopp (risos). Fiquei pensando aqui e nem sei direito como virei fã do trabalho do cara. Aliás até sei. Meu comparsa de banda, amigo, e "pastor" Bruno Montana, tinha um de seus cds que sempre embalava "nossos cultos no antigo apartamento da miguel". Ouvia Baia misturado com outros nomes. Aliás uma senhora mistureba. Ali pouco importava rótulo, gênero, porra nenhuma. Do mais cool, ao mais escroto o que valia era ouvir boas canções, falar merda e matar mais uma noite de sexta ou sábado entre amigos. Tocava Hendrix, tocava Sex Pistols, Tocava Guns and Roses, tocava Tim Maia, tocava Cascavelletes em vinil!!!, tocava Bob Marley, The Clash, tocava Keith Richards, tocava Agnostic Front, tocava a porra toda. Dentre eles, o "Overdose de Lucidez" de Maurício Baia. Som de doido , maluco beleza, tocando em reunião de "maluco beleza", e acho que foi assim que comecei a ir nos shows do cara. Pouco tempo depois , estava com todos os discos e indo sempre que possivel a todos os shows na cidade. Ontem mais uma vez pareço ter renovado minha admiração! É alegria na certa. Acho muito foda a legião de fãs que o cara tem. Circo Voador cantando "todas"! A banda nova que o acompanha parece ser a melhor de todas desde o falecimento de Tonho Gebara. As guitarras voltaram a ser com esta nova formação, um show à parte. E olha que eu sou do time dos 3 acordes. Mas os arranjos "guitar hero" bem sacados, sem exageros, na dose certa são sim um show à parte. Enfim, mais um bom programa. Quem quiser sacar o som: www.mauriciobaia.com.br . Se você não gosta de Raul Seixas ou Bob Dylan, passe longe! Paz e Rock!