31.10.06

PICS! PICS! Apuros em Cingapura no GLOBO!

Rock Rock! Recebi fotos da Leelinha. No ano passado fiz uma tour de 15 shows sozinho, sem o CARBONA, abrindo os shows dos Magaivers de Curitiba. Em Joinville, encontramos uma galera animadona. Passado um ano, voltei pra região, mais precisamente pra Guaramirim , no Curupira “melhor dos bares” rock club! Adivinha quem encontro por lá? Aquela galera de Joinville incluindo a Leelinha. Que hoje me mandou fotos do show do Curupira! Um dos meus presentes favoritos: fotos de shows! Costumo registrar tudo mas as fotos enviadas pela galera são minhas favoritas! Mas vamos aos dias corridos! Muita movimentação em torno do Carbona e do Apuros. Da ulltima vez que eu cronometrei meu dia estava com 27 horas. Já não parecem caber em um só dia. Banda, Trabalho, família, amigos, cada dia mais difícil. Amanhã estou indo pra São Paulo gravar o Ya Dog na MTV. Estou animado com o programa. As revistas estão nas bancas em 10 capitais do Brasil e rola uma certa angústia de pensar que tem gente que compraria se soubesse que o cd está lá. Fica a sensação ou a certeza de que a cada email trocado, a cada programa de rádio ou tv, ou linha de jornal, aumenta a possibilidade de espalhar a música do CARBONA por aí. Na sexta retorno a São Paulo para mais dois shows. Neste mês visitaremos ainda o centro oeste. Dezembro BH e possivelmente POA. Hoje saiu mais uma resenha do CD. Ontem foi a da Zona Punk hoje foi a do jornal o Globo:

“Feito Gente Grande” Depois de sete discos independentes o trio Carbona inaugura o selo Toca Discos em “Apuros em Cingapura”. O produtor Thomas Magno deu uma polida no som punk básico do grupo, que continua bom de melodia e refrões, em chicletes como Vertiplano e Amor de Supermercado” .

Além das resenhas de imprensa, acompanho as impressões da galera que acompanha nosso trabalho, que alias importam igualmente. Acontece que neste caso, acontecem numa velocidade absurda, através de emails, mensagens de orkut e na comunidade da banda, e tenho tido dificuldade de encontrar tempo pra participar com a intensidade que gostaria. Meu tempo web tem sido dedicado na grande parte à emails. Considero este o caminho oficial de contato e me imponho uma disciplina de responder à todo mundo que me escreve. À cada dia que passa isso é mais difícil, e à cada dia que passa considero isso mais importante. Vou esperar passar essa correria de lançamento e de repente fazer um esquema de “15 perguntas sobre o novo disco” lá na comunidade pra “deixar o papo em dia” .

É isso vou ficando por aqui. Amanhã , assim que descobrir horários da MTV eu deixo aqui! Paz e Rock!