Pular para o conteúdo principal

Seidl, Ramones e o agendamento de shows

Há anos atrás o CARBONA gravou uma música chamada Seidl Doesn´t Have All Ramones Albums. Isso numa época em que ainda era muuuuuuuuito maneiro discutir quem tinha mais discos das bandas que era fã! E olha que eu já tinha 20 anos hein? Mas enfim, dentro da ótica cantada pelo Ramones " I Don´t wanna Grow Up! " . Essa música foi lançada no back to basics e já nos rendeu muitas risadas. A polêmica toda envolvia o all the stuff and more, que ele contava como dois ( risos). E eu falava que ele só teria todos os discos se tivesse suas versões originais. Uma discussão sadia e relevante não acham? Pois bem, passam-se os anos, o Ramones lança uma caixa com estórias em quadrinhos e eis que receo um e-mail do cara dizendo que agora ele tem todos os discos do Ramones e eu não... acabei tendo a sensação de que a disussão não era tão inútil assim risos! Ai está Fabio seidl e sua maneiríssima caixa e quadrinhos do Ramones. Ainda não tinha visto e achei as ilustrações em formato de "pulp fiction" muito foda! O próprio Fábio faz uma resenha no http://www.punknet.com.br .



Uma rápida palavra sobre agendamento de shows, especificamente sobre o agendamento de shows da tour da CARBONA no nordeste. A gente há muito tempo vem tentando agendar os shows, tinha tentado duas vezes e em função da distância e dos custos de produção os shows acabaram não rolando. Agora através de uma parceria do Carlos e do Maurílio da Empire estamos indo para um série de 5 ou 6 shows! Ficamos felizes com a notícia e todo mundo que estava escrevendo pra gente tb! Quer dizer, quase todo mundo. Por que agora uma galera das cidades que ficaram de fora demonstram uma certa insatisfação, o que é natural e até certo ponto bacana pelo menos vendo sob a ótica de que isso mostra que o pessoal está a fim de curtir o som da banda ao vivo. Agora quando isso se manisfesta sob forma de "má vontade da banda" ou dos produtores responsáveis pela tour, eu já acho um pouco demais. A gente foi a primeira vez para fazer dois shows, estamos indo agora para 5 ou 6 shows e quem sabe na próxima agente não consegue agendar 10 shows!!!! Se dependesse da vontade do CARBONA tocaríamos em todas as cidades possíveis. A gente não tem a menor gestão sobre quais cidades agente vai ou não tocar. A gente tem um contato para quem a gente avisa temos "tantos dias" pra fazer a tour. A partir dai eles falam com os produtores interessados e nos avisam vocês vão fazer tais cidades em tais dias. Se uma determinada cidade não entrou não foi por que a gente gosta ou não dela, ou por que os produtores da tour não querem uma determinada cidade. É simplesmente pelo fato de não ter produtor local interessado em fazer o show. De nossa parte o que houve foi uma grande flexibilidade pra que as coisas acontecessem. Estamos animadíssimos com esta tour e espero que todo mundo possa se divertir muito nos shows! Vou conhecer cidades novas como Salvador, João Pessoa e Vitória da Conquista e isso pra mim é impagável! Tudo isso através do Rock!

Na segunda feira vou fazer uma grande atualização das datas de shows do fim do ano. Minha agenda com o CARBONA qu envolve shows no Nordeste , um festival em BH mais alguns shows no Rio em Dezembro, além dos meus shows na O Lhoooco TOUR! que pelo visto chegará até o Rio Grande do SUL. Vamos ter novidades neste fim de semana.

PAZ e ROCK!

Postagens mais visitadas deste blog

PLAY REC, lay-outs de camisa, Guramas & Camila

Amanhã é dia de gravar! Está confirmada a gravação no estúdio BPM. Estarei gravando as guitarras e Dr. B gravando baixo nas 4 músicas do EP. Mais uma vez são elas: "Maria Sharapova", "A Melhor cerveja da Austrália", " Jogue os dados outra vez" e "Minhas canções". Estarei fazendo umas filmagens amanhã da gravação que serão disponibilizadas em MPGs no próprio cd que estará àvenda na TOUR e pelo correio também. Hoje foi dia de trrabalhar na arte de camisetas. É essencial para o sucesso de uma tour ( entende-se sucesso como sair de casa, tocar um mês e não ter q pagar o ônibus pra chegar em casa), ter um material de merchandising bacana+ discos para divulgar o trabalho e fazer um troco. Hoje trabalhei rapidamente em 2 lay-outs de camisa e gostaria de ouvir, na opinião de vocês qual o modelo mais legal. Um eu chamo de modelo "capa" pois é feito com elementos da capa do EP e outro é o modelo "mosrite". Se vcs puderem deixar um post

Show Acústico no Teto Solar!

Opa! No dia 29 de junho farei show no Teto Solar em Botafogo junto com exposição do Victor Stephan. Victao e ilustrador mestre ,autor da capa do Ciferal e amigo de longas datas e estamos promovendo este encontro para mostrar seus trabalhos e algumas musicas do Ciferal + hits carbonicos e musicas que eu gosto de bandas e artistas do rock gaúcho. Tudo isso num formato "polk" (punk+folk) turbinado pela participação da Cris Cafarelli que gravou o EP comigo. Fica aqui o convite para chegar la, dar uma sacada, uma ouvida e por que nao comer um dos melhores hamburguers do rio e beber uma cerveja?  Estive no Hanoi fazendo primeiro ensaio com a Cris neste final de semana e hoje a gente se encontra de novo , desta vez num esquema caseiro para passar / construir o set list do show.    Fiquem ligados! Paz!

Novo disco do CARBONA! Pré-lançamento digital dia 7 de setembro!

No dia 7 de setembro o novo disco do CARBONA “Dr Fujita Contra a Abominável Mulher-Tornado” será lançado. O que isso significa? Significa que todo mundo que visitar o site http://www.carbona.com.br/ do dia 7 de setembro à 7 de outubro poderá fazer download gratuito de todas as músicas do disco. Simples assim. Basta acessar o site, digitar CARBONA em um campo, realizar um pequeno cadastro e PUF! Poderá fazer download de todas as faixas do disco. Por que estamos fazendo isso? Porque queremos fazer nosso novo disco chegar a todos os fãs espalhados pelo Brasil e queremos conhecer aqueles que fizeram download do disco. A estes, que baixaram, serão oferecidas alternativas para nos remunerar caso queiram, através do oferecimento do CD físico, camisetas e outras coisas da banda. Nossa primeira gravação foi uma demo k7. De lá pra cá gravamos 8 cds, o último lançado há 3 anos atrás. Neste período muita coisa aconteceu na música. Múita coisa boa. Muita coisa ruim. Uma delas foi o enfraquecime