24.3.10

Segundo dia de gravação agendado + Sobre Tornados

Confirmado mais um dia de gravação. Nesta quinta-feira Melvin grava teclados, Eu e Bjorn gravamos guitarras na quinta-feira.

Sobre teclados. Sabe a introdução de “Onion Rings “ no Mighty Panorama? Pois bem, aquilo é teclado no CARBONA . Ou ainda pra ficar mais fácil pra você: “Bark Like a Dog” do Screeching Weasel. Essa é uma boa referência para o trabalho de teclados no novo disco do CARBONA.
No domingo fomos até lá, executamos as 11 músicas. PLAY REC valendo bateria e baixo. Agora na quinta a gente coloca guitarras base + guitarras “Bjorn”, que é aquele brilho extra que o Noruga trouxe à “Valentina” na gravação demo lançada no ano passado.


A partir daí ficam faltando solos e finalmente Vocais e Backings. E assim vai se criando “ Dr. Fujita contra a Abominável Mulher Tornado”.

Ontem escrevi e-mail pra banda propondo o nome e os e-mails que recebi foram os melhores! Fica aquele clima “mas que porra de nome é esse”, as brincadeiras rolando mas Bjorn me surpreendeu com a precisão e com a assimilação do conceito.

Uma das 11 músicas que fizemos , chama-se Tornado. Uma música de um minuto e meio, base clássica A D E , com melodias fortes, e que nos ensaios do disco acabou se tornando a “música-curtição”. Mergulhado em leituras sobre o tema, cheguei ao conhecimento de que a ciência tem no Dr Fujita um dos maiores pesquisadores deste fenômeno chamado Tornado. Inclusive deu nome a escala de medição destes temidos destruidores. Pois bem, entretido com o mundo dos tornados, cheguei até a descrição dos pontos da escala. Tornado força 1. Tornado força 2. Tornado força 3, até que eu cheguei a conclusão que existe uma bem humorada relação entre Tornados e o temperamento explosivo das mulheres risos!

A descrição de total destruição da 5 então me arrancou gargalhadas! Mas nada disso que escrevi até aqui tinha sido dividido com os CARBONA até que recebi um e-mail do Bjorn dizendo que tinha se amarrado na idéia de uma Mulher Tornado e a descreveu da seguinte forma: “ aquela que acaba com a lavoura, leva casa, levanta carro, leva alegria, leva dinheiro, sai empurrando todo mundo em volta, acaba com o coração, mexe com os sentimentos, etc”

Acaba com coração, mexe com sentimentos é o melhor de tudo (risos!)

Pois bem, deixando o disco num universo ficcional, de estórias contadas, nasce o embate entre Dr Fujita , e todo seu conhecimento, como um forte aliado na luta contra a Mulher Tornado. Eis ai o nome do disco. Eis ai o universo de criação do Carbona. Com melodias, simplicidade e bom humor.
E o melhor de tudo, pra terminar é que a música diz TORNADO, Eu não saio do seu lado! E assim será. Melhor com elas! Uma ode às mulheres!

Paz e Rock!