Pular para o conteúdo principal

Redescobrindo o Cosmicômica + Festa MOSH + Multishow

Ao som de Social Distortion - tocando uma versão de Death or Glory do Clash! Nos últimos shows que fizemos tocamos duas músicas do Cosmicômica que não estavam incluídas no nosso set. Tocamos Luiza Denizot em Sampa e tocamos Demolidor nos últimos dois shows. Esta última eu diria que foi uma grande surpresa. Na verdade eu adoro essa música. É uma letra e melodia que me diz muito, mas nunca esperei que fosse ser tão bem recebida pela galera nos shows. Inclusive arrisco dizer que tem sido um dos pontos altos do show. Esse ano vamos voltar para cidades que já passamos no ano passado e acho legal poder alterar o set list e descobrir que ainda tem muita música no disco novo pra se trabalhar epra curtir ao vivo! Demolidor é uma que não sai mais!

Tive hoje à tarde na produtora que está fazendo o programa especial do Humaitá que vai ao ar no Mandou Bem Zero KM do Multishow em fevereiro e pude assistir um pouco do material bruto da filmagem! IMPERDÍVEL galera! O show foi filmado com 3 câmeras e a entrevista ficou diverrtdíssima , num cenário muito bacana de fliperamas, sinuca , chopp e rock! Eu vou avisar por aqui quando chegar mais perto, deixo mensagens aqui e no flog do Carbona! Pra quem curte a banda é um "programão"!!!

Aproveitando o post de hoje, vamos fazer mais um show no Rio amanhã terça-feira, no Odisséia ao lado de bandas bem bacanas: nipshot, the pheitos, jason e sex noise! Este é o nosso terceiro show na cidade em Janeiro. Três shows em lugares diferentes portanto ai daqueles que costumam dizer "vocês não tocam no rio" risos. Aliás , um muito obrigado pra galera que têm aparecido nos shows. Novas faces.... novo astral....sempre rock! Paz e Rock!

Postagens mais visitadas deste blog

Quem é Dr. Fujita? Um track list comentado do novo disco!

Mas afinal de contas quem é Dr. Fujita? Dr. Fujita foi um cientisa pesquisador de tornados. Ele é o criador da escala F, ou escala Fujita, usada na medição de tornados e seu potencial destrutivo. Bem, o potencial destrutivo nos leva a mulher Tornado (risos). Mas quem é a Mulher Tornado? A mulher Tornado anda a solta por ai! São muitos os relatos dos que já sofreram sua fúria! Voa casa, carro, coração desintegra, destruição completa e absoluta. Imaginando este combate do homem que melhor conheceu a fúria dos Tornados contra a Abominável Mulher Tornado, chegamos no novo disco que reúne, como sempre, um apanhado de estórias contadas em menos de 3 minutos e 2 acordes, dando continuidade a nossa "onda" de cantar estórias. O Fujita original: O nosso Fujita, na pele do Dr. Mad Mattos, que fez uma incrível participação na capa do disco! Vamos ao disco: 1- Sopa de água-viva: uma introdução instrumental punk rock! Frenético! Uma cartão de visitas do disco que virou também nossa intr

Arqueologia CARBONA!

Foi disponibilizado hoje no "Ramone to the Bone" um blog dedicado a bandas ramônicas " 3 acordes" uma gravação do CARBONA feita no ano de 2004 na rádio Brasil 2000 fm. Esta gravação foi feita durante a Chicletour II, turnê de mais de 20 shows que fizemos pelo Brasil ao lado dos Magaivers! O link para download é: http://ramonetothebone.blogspot.com/search/label/Carbona Ainda não ouvi os arquivos disponibilizados, mas eu me lembro que na época a gravação tinha ficado bem bacana. O tracklist é: 1. Carbona - Felicidade Incondicional (2:01)2. Carbona - Meu Primeiro All Star (2:32)3. Carbona - 43 (3:13)4. Carbona - Copo Dagua (1:38)5. Carbona - Casaco Azul (1:47)6. Carbona - Esqueletos Em Todo Lugar (1:53)7. Carbona - Fliperama (1:26)8. Carbona - Urbania Diga Adeus (2:43)9. Carbona - E Impossivel Ser Tudo Para Tod (0:50)10. Carbona - 1001 Doses (Ate Voce Voltar) (2:21)11. Carbona - Rockaway Beach (Cut) (1:51)12. Carbona - O Mundo Sem Joey (2:57)13. Carbona - Especialmente

VANS ZONA PUNK TOUR Diario 1

Olá amigos, estou em São Paulo e achei uma horinha pra contar como andam as coisas por aqui. Coloquei algumas linhas sobre os dias vividos na VANS ZONA PUNK TOUR. Em resumo eu diria que nesta tour a gente viveu talvez alguns dos melhores momentos da banda no palco ( Vila Velha é sem dúvida top 10!), esta tour tem sido também a mais "dura de todas", divertida porém cheia de horas de espera em excesso. Estamos ao lado de grandes bandas, revendo e fazendo amigos. Eis a estrada... DIA 1 : São Paulo, Hangar 110. Acordamos cedo, pegamos o ônibus pra Sampa. Primeiro show da Tour no Hangar. Achei isso bem legal por que estreiar com o pé direito numa empreitada dessas é fundamental. Nesta noite seriam apenas três bandas: CARBONA, Coligere e Mukeka di Rato. O show com 3 bandas funcionanou muito bem . No início achei que seria estranho tocar com duas bandas muito mais pesadas que a gente mas o show acabou sendo perfeito. Completa harmonia entre públicos diferentes e o Hangar mais uma v