Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de abril, 2011

Espaço Ciferal - meu novo EP, Merchandising Carbona

Ao som de “Face to Face”! Ontem retomei os trabalhos na gravação do meu EP . Depois de gravar guias e baixo na casa do Bjorn, ontem “me mudei” para o estúdio do Nervoso (Beach Lizards, Autoramas, Matanza, Nervoso e os Calmantes) onde gravarei tudo que tiver que entrar ( teclados, solos, barulhinhos espaciais) para depois finalmente colocar violão e voz no “melhor do mundo estúdios” onde gravei com o Carbona seu último disco. Fiquei animado com a retomada do projeto. Estava tendo uma certa dificuldade com o conciliamento das “agendas” de todo mundo, mas agora conseguirei acelerar o processo. Durante essas 3 semanas desde que comecei a gravar o projeto “andou” e ai vão algumas novidades: Já temos um nome! “ESPAÇO CIFERAL” será o nome do EP e terá capa ilutsrada em fase final de ajustes por http://www.victorstephan.com . Outra novidade é que “Pés no Chão”, música de Gustavo Kaly ganhará um vídeo feito por Sergio Vato. Eu já mandei a guia pra ele e as filmagens já começaram e eu até

Fotos! Fotos! Fotos!

Aproveitando os dias do feriado para colocar coisas em dia. Uma delas, reunir fotos dos 15 anos de Carbona que estavam espalhados em cds, emails, espaços digitais. Avancei bastante nesse trabalho e coloquei dezenas delas na página de fotos aqui do Blog (olhar link ai em cima). São fotos tiradas ao longo de todo esse tempo. Fotos tiradas por nós, por fotógrafos, por fãs, registros que contam um pouco dessa estória. Quer dar uma sacada? So clicar no link do Menu acima. Paz e rock!

Vídeos do Hangar 15/04/2011

Artur Palma dos Sluggs me mandou um tweet no meio da semana perguntando se a gente gostaria que filmasse o nosso show uma vez que ele estava com equipamento por la pra filmear os Sluggs, nos presenteando com um registro muito bacana do show de sexta no Hangar 110. Aqui temos os registros de “Valentina” e “O Mundo sem Joey” com participação especial de Gustavo Kaly, autor da música. Kaly além de escrever “O Mundo sem Joey” , compôs “Os lindos refrões que um velho ensinou” e “Dançando the doors com garotas ao redor”. E pra não perder o embalo, gravarei “Pés no Chão” no disco que estou gravando agora. Agradeço aqui mais uma vez pelos vídeos. Paz e rock!

Carbona no Hangar 110!

Nesta sexta-feira estivemos no Hangar 110 em São Paulo para fazer o lançamento do cd “Dr. Fujita Contra a Abominável Mulher Tornado”, ao lado dos amigos do Fistt, The Sluggs e Slot. Tenho vivido uma fase de satisfação na minha relação com a música. Acho que alcancei uma nova compreensão do significado de continuar fazendo música, música que eu gosto, de forma incondicional, e tenho buscado aproveitar os momentos que a gente consegue gerar para viver a música e a banda. Gosto de voltar ao palco do Hangar 110 por que além de muito divertido, eu tomo contato com um rock que acredito, um rock de circuito, num lugar que leva a sério a música e que trata as bandas com respeito e seriedade. (Fotos abaixo tiradas no backstage Hangar 110) Encotramos amigos por lá, amigos que estão nessa há muitos anos e destes encontros, sempre encontro motivação para seguir. Estamos vivendo uma fase de dificuldades para quem faz música. Uma dificuldade que se apresenta em diversas esferas. O circuito indep

Set list Hangar?

Hoje é dia de ensaio. Amanhã dia de show. Deste set sairá o show de amanhã com uma ou outra alteração. A semana passa em meio a uma grande correria, mas hoje, com a proximidade e com ensaio já começo a entrar no clima "show no Hangar 110" que é sempre uma grande alegria! Go!

Trama Virtual Estendido!

Hoje foi ao ar minha participação no impressão digital no Trama Virtual Quem quiser dar uma sacada click no link abaixo e aqui no Blog resolvi dar uma estendida na brincadeira. http://tramavirtual.uol.com.br/noticia/2011/04/impressao-digital-henrique-badke Um rápido bate papo falando sobre “as boas do momento”. Músicas, vídeos, bandas e até mulher pelada (risos). Quem tem acompanhado blog e twitter já anda sabendo que estou ligado na dica do meu amigo Melvin que me apresentou Frank Turner. Cancioneiro oriundo do circuito punk rock que faz músicas “pra cima” com melodias incríveis! Outra banda também que já havia postado aqui no site algumas vezes é o Gaslight Anthem Esta é uma banda que descobri em pesquisas no trabalho que me levou até a revista Spin, fui dar um confere no som dos caras e Bingo! Virou daqueles discos que te acompanha por semanas a fio. O nome do disco dos caras que me pegou foi american Slang. Uma mistura de rock à la Bruce Springsteen com punk rock

Gravação Dia #2

Segundo dia de gravação. Fui até o “Bjorn Estúdio” pra colocar baixo em todas as músicas. Melvin fez sua especialíssima participação que vai muito além de colocar baixo nas músicas. O processo é todo muito legal. O cara me chega lá sem conhecer direito as músicas, vai ouvindo, discutindo climas, testando coisas, gravando takes, consertando aqui e ali, propondo diferentes dinâmicas pras músicas. Começou gravando pelo refrão de “As coisas vão mudar para melhor”, fez partes finais, virou e falou “cara, essa música devia ter baixo somente nos refrões” para dar uma dinâmica diferente e bombar ainda mais esse refrão que é meio alegre. Na seqüência já imaginamos um coro nessa música ( que será prontamente adoado) e assim passeamos pelas 6 músicas. Bjorn ao longo da semana andou testando algumas coisas percursivas. Aplicando a tradicional “pandeirola” nos refrões, tudo muito simples, tudo muito bacana. Ontem já comecei a ter uma melhor noção de como a coisa vai ficar. E Estou ficando muito fe

Guias!

Ontem foi dia de ouvir incansavelmente as guias de gravação. Pela primeira vez ouvi as músicas em sequência. Já deu pra ter uma primeira idéia de como as músicas funcionarão juntas. Fiquei bem feliz com o resultado. Agora ao longo da semana é pegar um pouco de cada hora que sobrar pra fazer o "dever de casa". Ontem fiz um mapa de que instrumento deve entrar em cada música, quais músicas tem solo, construir backings e revisar letras. Próxima sessão de gravação deve rolar no domingo, quando gravaremos baixo, ukulele e escaletas. Os solos eu vou compor agora mas só gravarei no estúdio na hora de gravar voz e violão. Na casa do Bjorn serão gravados tudo que não precisa ser microfonado basicamente. A terça começou cedo e acabará tarde! Vou nessa! Abraço! paz e Rock!

Gravação dia 1

Ufa! Depois de algumas semanas de atraso comecei a gravar meu EP ! Serão 6 músicas inéditas , num formato diferente do CARBONA mas que ao mesmo tempo saem do mesmo universo criativo, o incrível mundo dos “3 acordes”. Melodias grudentas em cima de bases simples que ganham vida através de violão, voz, baixo e outros instrumentos como ukulele, escaleta, teclados e “barulinhos espaciais”. Estou muito feliz. Muito feliz de gravar este disco por que ele resulta do meu reencontro com a vontade e prazer de fazer música de forma incondicional. No período em que fiquei sem compor entre o “Apuros” e “Dr Fujita” com o Carbona cheguei a pensar em 1000 motivos para largar a música mas nenhum deles foi forte o suficiente para evitar que eu acordasse de manhã e pegasse o violão para compor e escrever músicas. Entendi que a minha ligação com a música era mais forte do que qualquer pergunta ou resposta que pretendesse dar conta do utilitarismo das coisas. Tocar pra que? Por que tocar? E hoje ente